Nem sempre as respostas estão nos livros de etiqueta, às vezes estão no bom senso e no coração. Vira e mexe recebo perguntas sobre “se pode colocar o nome do pai, mãe e madrasta“, por exemplo, no convite de casamento. Não existe esta regra nos livros de etiqueta porque nem sempre todos os pormenores das regrinhas de etiqueta são adaptados à nossa realidade atual. Cabe a todos nós adaptar com bom senso o que faz mais sentido para cada realidade. Perguntei para a Samara Costa, da Scards, o que ela achava em situações como esta no convite e ela respondeu: “Eu sempre acho que quanto mais sentimento colocado no casamento, mais lindo e sincero ele fica!“, e eu concordo!  A realidade da noiva abaixo foi que ela perdeu o pai ainda muito nova. A mãe se casou novamente e o padrasto a criou como pai. Para a realidade desta noiva, fez sentido colocar no convite o nome do pai que a colocou no mundo e o pai que a criou, um ao lado do outro (aparece pequeninho na imagem abaixo, com uma barra entre o nome dos dois). E quem vai dizer que é errado um convite assim com tanto sentimento e amor?

Convite: Scards

converse com a gente
 0      3        0
DEIXE SEU comentário
55 Comentários
  1. Karise, disse:

    Fê, e quando nosso pai nao teve contato emocional nenhum e fomos criados só pela mãe?

  2. Luciana Teixeira, disse:

    Achei a homenagem linda, tanto para o pai que já é falecido, tanto para o padrasto que a criou!!
    Concordo plenamente que nessas horas vale o que vem do coração, não exixte regra para os sentimentos!!
    Fer, acho que isso vale tb para a entrada dos noivos!

  3. Marielly, disse:

    Fernanda,
    A minha pergunta é a mesma da Karise. Meus pais são separados e não tenho contato com ele, primeiramente, pensei em dispensar o nome dos pais no convite. Mas minha sogra está nos ajudando com o casamento e acho que ela se sentiria magoada do nome dela não constar no convite. Como posso fazer?

    Obrigada pelo seu blog! Leio todos os dias, me emociono sempre e recomendo para todos.

    • Thaise Coelho, disse:

      Olá, eu também não tenho contato com meu pai e nunca tive, porém não sei o que colocar no meu convite de casamento.. Me ajudem por favor

    • Fernanda Floret, disse:

      Thaise, você pode colocar apenas o nome da sua mãe, se assim desejar, ou o nome das pessoas que te criaram. O convite de casamento também deve refletir sua história! Beijos

  4. Maite, disse:

    Adorei … os melhores convites sao os quevem do coração Sempre e para tudo !!!! Parabens Adorei !!!

  5. Elizabeth Vargas, disse:

    Mais uma vez um post excelente! Concordo com tudo: convite precisa ter coração… e isso também significa levar em consideração a opinião das pessoas que amamos. No meu caso, meu noivo e eu organizamos e pagamos absolutamente tudo do nosso casamento, pois já morávamos juntos. Apesar disso, sabíamos que nossos pais adorariam ter seus nomes no convite, por isso nós (noivos) convidamos com a “benção” de nossos pais. Não colocamos endereço dos pais (e nem o nosso, para ser sincera), pois nossa festa foi apenas para as pessoas mais próximas. Quem não teve relacionamento com pai não tem porque colocar o nome dele, a não ser que isso vá ocasionar uma crise familiar enorme… nesse caso, vale a pena pensar duas vezes. Beijos

  6. Ana Carvalho, disse:

    Ótimo!! É isso aí: “quanto mais sentimento sincero colocado no convite mais lindo ele fica”. Então meninas que estão na dúvida, eu, nesta situação, não colocaria o nome do pai ausente, pois não seria sincero da minha parte. Para ficar bacana, colocaria o nome dos três (mãe/mãe/pai) alinhados e na parte superior do convite… #ficaadica bjos

  7. Suzane, disse:

    É muito legal ver os comentários aqui. Eu ia justamente perguntar isso. No meu caso eu e meu noivo vamos pagar o casamento sozinhos! Além disso, nem eu nem o noivo temos contato com nossos pais. Ele foi criado pela mãe e eu tive meu padrasto. É complicado, mas acho que no fim convidaremos nós mesmos sem menção a nomes de pais. Beijos Fernanda! Adorei o post.

  8. Ana Carvalho, disse:

    Só completando, já fui convidada para um casamento onde a noiva colocou na frente do nome do pai “in memorian”, mesmo ele sendo vivo. Foi o sentimento dela, mas achei que ela poderia ter evitado, simplesmente excluindo o nome.

  9. Alessandra, disse:

    O meu convite terá no nome do pai o nome do meu avo… in memorian. É meu pai por sentimento e muito amor.
    É meu convite, meus sentimentos e minha vida.
    Acho o mais justo :)

  10. Marina, disse:

    Eu acho que o que vale é o sentimento mesmo! Meu pai faleceu ha 5 anos, e eu não me senti bem colocando o “i.m” na frente do nome dele. Acho muito triste. Então coloquei o nome e ao invés de “convidam”, coloquei “com a benção”. Afinal ele irá abençoar de onde estiver =)

  11. Juli, disse:

    E quando os pais da noiva estão ajudando em tudo e os do noivo não estão nem aí? (não só financeiramente)
    Tenho vontade de colocar que meus pais convidam, e os pais dele só dão a “benção”.. haha… não sei o que fazer… não acho justo colocá-los ambos convidando, ao mesmo tempo não quero desfazer de meus pais.
    Se alguém tiver alguma ideia..

  12. Priscilla Iensen, disse:

    Fer, adorei o post, super concordo que é o sentimento que importa… Foi super importante pra mim, ler os comentários e saber que tem pessoas que sentem o mesmo que eu. Meu pai faleceu há dois anos mas eu não me senti bem colocando (i.m.), por isso não coloquei eles “convidando”, e sim sendo citados como nossos pais. Acho que algumas pessoas vão achar estranho quando receberem o convite, mas a verdade e que esse e um assunto tão delicado pra cada noiva que passa por isso, que agente tem que fazer o que o coração manda e não ligar para a etiqueta ou as formalidades.
    O blog continua lindo como sempre Fer, parabéns!! Bjs

  13. Raquel Duarte Alves, disse:

    Amei e super concordo em relação ao sentimento estar presente em todo o casamento, inclusive no convite. Meu pai e minha mãe vivem juntos até hj, mas no caso do meu marido não é assim, os pais dele se separaram e faz muito tempo que se casaram novamente. Toda essa história fez com com que meu marido tivesse sempre dois pais e duas mães e eu ganhei duas sogras e dois sogros. Na hora de redigir o texto do convite não tivemos dúvidas, colocamos o nome de todos e ficamos com três nomes de pais e três nomes de mães e ficou lindo!!! Todos da família se emocionaram com o gesto =).

  14. Nathália Campos Silva, disse:

    A minha situação é a mesma, a dias venho pensando nisso essa matéria me ajudou a solucionar a minha duvida e me deu uma ideia perfeita!!!Amei!!

  15. Taisa, disse:

    Fê, ótimo post. Existem muitas noivas nessa situação, é mais comum do que imaginamos. O meu inclusive, será com o nome do meu avô falecido que me criou como filha. Colocarei o nome da minha vó e da minha mãe. Esse detalhe ultrapassa, realmente, todas as regras de etiquetas. É pura emoção!

  16. Marina, disse:

    Olá Juli, uma amiga passou pelo mesmo! No caso ela fez assim:
    Nome dos seus pais
    convidam para o casamento de sua filha
    Juli com XXXX filhos de XXXX e XXXX

    é um estilo um pouco gringo, na Inglaterra por exemplo, normalmente são os pais da noiva que convidam mesmo =)
    Fica a dica!

  17. Carol Claudino, disse:

    Fernanda, gostaria de saber se é adequado colocar no convite o traje dos convidados para o casamento. O meu vai ser a tardinha, em local aberto e não vai ser tão formal, então muita gente acaba com dúvida quanto à roupa que deve usar. Beijos!

    • Fernanda Floret, disse:

      Para Carol – não é adequado nem correto mencionar o tipo de traje num convite de casamento. Apenas coloca-se o tipo de traje se a festa for black Tie. Beijos

  18. Luciana, disse:

    Olá Fer!
    Meu noivo não tem contato com o pai dele há mais de 20 anos, sendo assim, ele não quis colocar o nome do pai dele no convite.
    Acho que foi a melhor solução.

  19. Isabella Rabello, disse:

    No meu caso, não tenho problema com a questão dos pais, mas somos nós que estamos pagando e organizando tudo. No nosso convite, virá escrito: “Com a benção de seus pais xxx e xxxx, Isabella e Elias convidam para seu casamento a realizar-se…” ou algo do tipo. Acho que tem mais a ver com a nossa realidade e não deixa de homenagear os pais.

  20. Michele Navega, disse:

    Nunca vai ser errado dar valor pra quem a gente ama!
    Bjs!

  21. Elisa, disse:

    Esse post foi uma das coisas mais sensatas que li sobre casamento.
    Achei lindo um comentário dizendo que aonde estiver o pai estará abencoando.
    Minha papelaria será bilingue e me falta inspiracao. Por favor coloca dicas de convites e afins bilingues!

  22. Thalita Santos, disse:

    Muito bem colocado este post!
    Como estou preparando o meu casamento numa linha bem clássica, me peguei neste dilema…colocar os nomes dos meus pais, mesmo nunca ter tido o mínimo de afeto, para cumprir protocolo ou colocar os nomes dos meus avós(pais de coração – quem me criou desde bebe)? Claro que a honra foi dada para aqueles que me criaram com todo amor!!!

  23. Marina, disse:

    Olá Elisa! É em ingles? Eu vou me casar com um gringo, se vc quiser eu te mando por e-mail o modelo. Meu convite também é bilingue =)

  24. La, disse:

    Fiquei emocionada com este post. Graças a Deus nem eu nem meu noivo passamos por situações como esta, porém sempre é lindo ver uma pessoa fazendo uma homenagem, por mais simples que seja, para uma pessoa que ama.
    A consideração demonstrada é muito bonita.
    Embora sejam meus pais que vão pagar pelo casamento, (meus sogros não tem condição e nem eu teria coragem de pedir, por que sei o qto é dificil para eles. Meus pais fazem questão e meu noivo tb ajuda no que pode) não acho justo não incluir o nome dos meus sogros, seria ingratidão ao nível extremo, a mesma coisa que dizer: O casamento é do seu filho tb, mas como vcs não estão ajudando, vcs não podem opinar em nada. Pelo amor de Deus, isso seria a maior crueldade. Indiferente de quem paga ou não, caso os pais tenham sido realmente pais presentes na nossa vida, eles deram o maior presente para nós, a Vida. Então devem ser lembrados, com toda a certeza!

  25. Roberta, disse:

    Adorei o post, muito útil. Faz um ano que perdi meu pai e não gosto nem de pensar em colocar in memorian no convite. Por isso, pretendo colocar “sempre presente” ou “em nossos corações”… ou algo do gênero.

  26. Bia Ramos, disse:

    Adorei esse post! Acho que a decisão da Karla foi perfeita. É mais importante ser autêntica e demonstrar o que está no seu coração do que seguir convenções que não representam o que o casal realmente sente e acredita. Para as noivas com dificuldade em escolher quais nomes dos pais colocar no convite quando há alguma espécie de conflito, recomendo uma alternativa muito simples: usem o nome dos noivos acompanhado de “juntamente com seus pais”. Percebo que isto é cada vez mais comum e não desabona a importância dos pais na união.

  27. Sarah, disse:

    Os últimos posts tem sido bastante esclarecedores!
    Parabés, Fernanda! Seu blog é o meu preferido..

    ;)

  28. Thainá Almeida, disse:

    Fernanda, este post veio a calhar,gostaria muito da sua opnião em relação ao que pretendo escrever em meu convite.
    Meu sonho de ter uma festa de casamento esta se realizando graças a mtuuuuu trabalho meu e do meu noivo, meu pai me ajudou com uma pequena quantia em dinheiro, e os pais dele não nos ajudaram em nada, por este motivo não gostaria de escrever no convite que são nossos pais que estão convidam para noss

    casamento, gostaria de colocar os nossos nomes somente, nós mesmos fazendo o convite, gostaria que com isso as pessoas entendessem que tudo se realizou devido ao nosso esforço.
    O que você acha? Me ajuda. Bjkas amoooo seu site!

    • Fernanda Floret, disse:

      Thainá, quando são os noivos quem estão oferecendo a festa, o nome dos noivos que encabeçam o convite. Mas normalmente coloca-se logo abaixo “filhos de”, ou “com a benção de”, e o nome de ambos pais, como forma de homenagem e carinho. Lembre-se que casamento é um momento de união de famílias e não disputas. Não é uma boa forma de começar uma nova família excluindo a família do noivo, na minha opinião. As pessoas estarão lá para celebrar o amor com você não não para “reconhecer esforço”, vá pelo lado do amor! ;-) Beijos

  29. Viviane, disse:

    No meu caso, o pai do meu noivo nunca deu nada a ele, nem dinheiro muito menos amor e carinho. Por esse motivo optamos por colocar o nome da Tia que ajudou a cria-lo no lugar que ficaria o nome do pai dele, para não criar duvidas colocamos o tia na frente do nome dela… Adoro seu site

  30. Juciéle Ferreti, disse:

    Qual a importância em deixar explícito no convite quem está pagando o casamento?
    O convite deve ter um contexto de acordo com o sentido de um casamento, do amor entre duas pessoas, e não para informar quem está pagando a festa.
    As pessoas queridas que fazem parte de nossas vidas, sabem do esforço que fazemos (ou que nossos pais fazem) para a realização deste sonho.
    Considero deselegante e completamente dispensável esse tipo de informação no convite.

    Achei linda a história da Raquel.

  31. Zoe, disse:

    Concordo plenamente com o ultimo comentário!
    Totalmente desnecessário essa informação de quem está pagando o que, afinal um casamento aignifica a união de 2 pessoas e suas famílias.
    JUNTOS. Não importa quem paga o que.
    Acho tão deselegante quanto falar para cada convidado que pagou x por cada pessoa da festa.
    Um casamento de um filho é algo Importantissimo!
    Se o pai pode ajudar, ótimo, mas se não ele merece menos crédito por isso?
    Concordo com a La tb… Faz mto sentido…

    De forma alguma deixar explicito quem paga o que… É tão ridiculo quanto sair falando para as pessoas quanto vc pagou pela sua roupa, ou pela sua casa, carro…. Casamento é uma festa, não uma disputa de quem pode mais.

  32. Elisa, disse:

    Oi Marina, é em alemao! Vim estudar na Alemanha e encontrei meu marido por aqui. Por já sermos oficialmente casados fica tudo ainda mais exótico.
    Pensei num convite largo de uns 20×15 cm (tem que ser pequeno pro correio Alemanha-Brasil nao ficar impagável) na metade esquerda em português e na metade direita em alemao (como já foi o save the date que contou nossa trajetória) com os nomes escritos só uma vez. Aqui só se coloca o nome dos noivos e já pensei em colocar somente nossos nomes completos com a bencao dos pais, mas irei me arrepender se nao colocar os nomes dos pais. Vou colocar com a bencao dos pais, nome deles, noiva e noivo convidam pra cerimônia de casamento seguido de recepcao.
    É complicados colocar tanta informacao em duas línguas num pedaco de papel sem poluir.
    Me fala do teu convite!

  33. Elisa, disse:

    Tenho mais algumas opinioes/dúvidas sobre convite que quero dividir.
    Me perdoe a etiqueta, mas me recuso a escrever número por extenso. Algorismo facilita até a retencao da informacao!
    Eu comprei uma caneta tinteiro e tenho treinado para escrever o nome dos convidados. Nao vai ficar perfeito como num calígrafo, mas vai ficar pessoal, do meu jeito. Como sao poucos convidados dá pra fazer isso, acho que vai de encontro à idéia de escrever o convite a mao ;) Meus familiares íntimos e amigas de escola e faculdade irao reconhecer que é a minha letra. Só tenho que lembrar de encomendar vários envelopes extras!
    Outra coisa Fer, sempre vai o nome do pai em cima do nome da mae?

  34. Kathya Regina Kai, disse:

    Aeee. Perguntei sobre este assunto esta semana e você foi maravilhosa tanto no e-mail quanto aqui no site. Meu noivo amou e realmente é a verdade. O convite tem que ter todo amor e emoção do mundo.

    Beijokas Fernanda e mais uma ves: Parabéns por tudo do site!!!

  35. Carol Achilles, disse:

    Super apóio toda emoção no convite. Mas quando fiz o meu, preferi colocar “noiva & noivo juntamente com seus pais convidam”. Foi um mini-wedding mais informal, e eu que organizei quase tudo sozinha.. achei mais real e mais jovem por assim. Tanto meus pais quanto meus sogros estão casados, são muito presentes e amorosos conosco. Mas não se sentiram menosprezados por não terem seus nomes no convite.

    Elisa, tenho uma idéia pra você. Se você tiver o texto em alemão pronto, posso te enviar uma opção de como fazer seu convite.

    Bjs

  36. Vanessa Bolzan, disse:

    Achei lindo o post! Me emocionei com a homenagem e acho justíssimo! No convite do nosso casamento, citamos o nome de nossos pais, mas como oficializamos nossa união após 13 anos morando juntos, colocamos o nome dos nossos filhos convidando para o casamento. Eu achei que ficou muito bonito!

    Beijos!

  37. Luanda, disse:

    Deve ter ficado muito fofo Vanessa! Acho que casamento é isso mesmo… temos que fazer o que for nos deixar mais felizes, mas sempre tendo o cuidado de incluir as pessoas que nos querem bem!

  38. Elisa, disse:

    Oi Carol, o texto ainda nao está pronto, aliás essa é outra dificuldade, pois traduzir ao pé da letra simplesmente nao funciona, as línguas tem estrutura diferentes e o que se usa aqui nao se usa no Brasil e vice-versa. Por exemplo, aqui se coloca no convite que os noivos ficariam felizes com dinheiro pra viajar, comprar móveis e etc. e sempre vai o nome e telefone da santa irma ou amiga para qquer dúvida e ajuda. O agradecimento é um cartao impresso com a foto “oficial”, algo genérico (como um poema) e agradecimento pelos “muitos” presentes recebidos que se coloca até no mural do trabalho (aqui só se convida colega de trabalho se for bem amigo, mas sempre se fazemos uma vaquinha). Para os convidados os noivos mandam ainda mais fotos deles e com o convidado junto (o que é ótimo!), mas nao se coloca mensagem escrita a mao ou personalizada.

    Na papelaria temos que ir pelo caminho do meio pra que nao fique esquisito nem aqui nem aí, mas como é assim que vivemos (em duas línguas e em duas culturas) acho que vamos conseguir ter boas solucoes.

    A minha madrasta irá fazer a papelaria (já fez o save the date). Ela é designer gráfico editorial e maravilhosa, amo as capa de livros e tudo que ela faz. (Me senti até reclamando de barriga cheia agora :P ). Queria mais é sugestoes de como organizar as informacoes. Obrigada pela ajuda meninas! Só pedi mesmo porque andaram tendo casamento internacionais pelo blog e fiquei na maior curiosidade quanto aos convites e etc. Na net se acha pouquíssima coisa sobre papelaria bilingue.

  39. Marina, disse:

    Oi Elisa, minha preocupação e a do noivo era ficar “poluido” por conta da tradução. Então optamos por um convite que “saisse do envelope” e escrevemos portugues e ingles (frente e verso). Não sei se vc entendeu rsrs, mas optamos por não colocar na mesma pagina para não ficar muito cheio. Bjs

  40. Marina, disse:

    Alias, na Veja dessa semana tem uma materia sobre casamentos globais rsrsrs

  41. maria, disse:

    Nossa, leio diariamente, nunca comentei , mas o post é muito pertinente neste momento em que preciso finalizar o texto do meu covite (para ontem). Meu noivo perdeu pai e mãe ainda bebê, foi criado pelos avós (aos quais chama de pai e mãe), e o avô já é falecido. A solução não foi esteticamente elegante, mas até agora foi a única que nos pareceu razoável: Teremos o nome dos pais dele (in memorian), do avô (in memorian) e da avó. Alguma sugestão, meninas??

    • Fernanda Floret, disse:

      Maria, meu voto é em manter assim como vocês pensaram, com o nome dos pais e avós! Beijos

  42. Elisa, disse:

    Oi Marina, é essa mesmo a minha preucupacao, de ficar poluído, mas sabe que no save the date a diversao dos nossos amigos daqui foi ficar aprendendo as palavras em português! Vou falar com o marido sobre o frente e verso. Bjs!

  43. Amanda, disse:

    Ola! Adorei esse post.
    Eu queria saber como posso colocar os pais dando a bençao… O meu caso tb eh complicado, meu pai nao morreu mas sempre foi ausente , quem me criou foi minha mae, o marido dela (que e meu pai tb) e meu avo e gostaria de colocar o nome dos tres. Qual seria a melhor maneira. E nao iria colocar o nome do meu,pai biologico ja que ele nao mantem contato. Obrigada!

  44. Karla Ferreira, disse:

    Ola !! Sou a noiva do convite , e gostaria de fazer uma pequena grande correcao. Realmente perdi o meu pai ainda muito nova, porem , desde entao o meu AVO, foi a pessoa que sempre tive como Pai e alguem muito , mas muito especial, e por isso, o nome eh dele. Infelizmente, veio a falecer 3 meses antes do casamento. Obrigada!!

  45. Juliana, disse:

    Ola…gostaria de fazer uma homenagem aos nossos pais (meus e deles) durante a festa…será que é legal???

  46. Iara, disse:

    Oi, Fer, tudo bem??

    Eu e meu noivo iremos pagar a festa do nosso casamento, porém no convite eu coloquei que nossos pais estão convidando, para o casamento de seus filhos, pois acredito que eles mereçam essa homenagem,mas tbm não vou mentir que não fico preocupada de que as pessoas irão pensar que fiz meu convite errado, posso ou não posso, quebrar esse protocolo?? bjos Iara

    • Fernanda Floret, disse:

      Oi Iara, para falar a verdade dúvido alguém ficar pensando se fez certo ou errado porque as pessoas nem sabem direito desta regrinha, rs! Mas se fosse eu, colocaria os noivos convidando, e abaixo escreveria “juntamente com” e o nome dos pais. Assim eles também participam do convite, são homenageados, mas os anfitriões são vocês que estão oferecendo a festa. (o convite do meu casamento foi assim). Beijos!

  47. vivian, disse:

    O pai do meu noivo faleceu qdo ele era muito novinho, os avos tbem falecidos o ajudaram a criar.
    No meu caso, minha criação foi parte pela minha mae que eh viva, e parte pela minha madrasta.

    Posso colocar o nome da minha mae e da minha madrasta e dos avos e pais do meu noivo? Não fica muita coisa?

  48. Ingrid Almeida, disse:

    Olá, eu tenho pai, mas ele nao mora cmg, e quase nao tenho contato, fica feio colocar apenas o nome da minha mae? Help!

  49. Livia, disse:

    o meu contato com meu pai é muito raro e minha é casada com meu padrasto desde quando eu tinha 3 anos de idade hoje com 24 anos fico em duvida se colocar so o nome do meu padrasto fica feio visto que irei convidar o meu pai

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>