Na hora de pensar no convite de casamento, muitos noivos ficam confusos: quem convida? Antigamente era sempre os pais quem organizavam a festa, eram os anfitriões e por isso o nome deles aparecia no cabeçalho do convite. Hoje os tempos mudaram, as famílias mudaram, as festas de casamento mudaram, e por isso existem vários versões de convite de formas diferentes convidando, e que todas são corretas. Conversamos com nossos especialistas e preparamos este guia informativo para vocês mostrando diversas opções, escolha o que combina melhor com a história do seu casamento.

Os pais convidam: quando os pais quem estão oferecendo a festa de casamento, eles quem são os anfitriões e por isso eles convidam. Esta é a forma tradicional dos convites de casamento, já que antigamente eram sempre os pais quem arcavam com as despesas financeiras e organização do casamento.

Convite com os pais dos noivos convidando, sendo que um deles já é falecido: O nome do seu pai ou mãe continua sendo colocado no convite, acompanhado da expressão in memoriam (do latim “em lembrança de”). Atualmente alguns noivos preferem usar expressões em português como “sempre presente”, “em nossos corações” ou mesmo apenas o símbolo de um coração.

Convite com os pais dos noivos convidando, sendo que há mais do que dois de um lado convidando, por exemplo pai, mãe e padrasto. Ou o inverso, um dos noivos quer citar apenas um dos pais. Hoje em dia a realidade de muitas famílias é diferente, você pode ter sido criada pelo seu pai, mãe e padrasto, e se for o caso, sua realidade pode estar refletida no seu convite de casamento.

Convite com os noivos convidando  incluindo o nome dos pais: Hoje em dia muitos noivos quem arcam com as despesas financeiras da festa de casamento, e portanto, eles quem são os anfitriões da festa, eles quem convidam. Uma forma de convidar para o casamento mas incluir os pais, que ficarão felizes em ser mencionados no convite, é colocar “com a benção de” ou “filhos de”. E se vocês estão pagando pelo casamento mas seus pais contribuíram também? Uma opção é colocar “juntamente com”.

E se os noivos e pais estão arcando igualmente com as despesas? Nada que uma boa conversa não resolva! Não existe uma regra, converse com seus pais para entender se é importante para eles que eles sejam os anfitriões e tenham o nome convidando no convite ou não. Se for importante para eles, vale a pena seguir o modelo tradicional e deixar os pais convidar.

Convite com os noivos convidando sem citar o nome dos pais: Em casos de segundo casamento, casais que já vivem juntos ou noivos que não queiram citar os nomes individuais dos pais (em casos de “dilemas familiares” em que por algum motivo você não quer citar o nome de algum dos pais), o convite pode ser feito apenas pelos noivos, sem citar o nome dos pais.

Convite de Bodas de Casamento em que os filhos quem convidam: Nos caso de bodas de casamento de 25, 30, 50 anos, normalmente quem oferece e arca com as despesas financeiras da festa são os filhos, e portanto, o nome dos filhos que aparece como anfitriões convidando para a festa dos pais. Caso você esteja comemorando bodas, já tenha filhos pequenos e você mesma quem está arcando com as despesas da festa, é o nome do casal quem deve convidar. Não faz sentido crianças convidarem para o casamento ou bodas dos pais, visto que crianças não pagam e não são os anfitriões da festa. Neste caso o nome dos filhos podem aparecer abaixo do nome dos pais.

Imagens dos convites de Abelha Catita, About Love, Chá das Duas, Phatt Design, Scards e Susana Fujita. Veja todos em nosso Guia de Fornecedores.

converse com a gente
 2      5        0
DEIXE SEU comentário
33 Comentários
  1. Aline, disse:

    Fernanda, no meu caso apenas meus pais estão pagando tudo, os meus sogros não se manifestam para nada, só para mandar a lista de convidados, rs. Gostaria de colocar apenas o nome dos meus pais convidando e, no máximo, citar meus sogros de maneira diferente. O q faço? Vc tem alguma dica? Bjo!

    • Fernanda Floret, disse:

      Oi Aline, na minha opinião o convite não deve ser usado para mostrar que os pais da noiva estão pagando e do noivo não. Releve o assunto, o que importa é o casamento! Coloque o nome dos pais da noiva e do noivo convidando, e você ficará muito mais feliz e tranquila, caso contrário poderá causar um constrangimento e transtorno bem no que deveria ser o momento mais feliz da sua vida! Beijos

  2. Heidy Monteiro, disse:

    Adorei o post. No meu caso os convites serão feitos sem citar os nomes dos pais!

  3. Rafaela Vieira, disse:

    minha maior dúvida é quanto a roupa, pois desejo que meus convidados usem branco ou bege na minha festa, como escrever isso? pode ser num cartão separado?

  4. Elisa, disse:

    Colocamos com a bencao dos pais e o nome deles. Meu sogro é falecido, mas nao colocamos IM (acreditamos que ele irá abencoar mesmo em outro plano espiritual). Coloquei o nome dos pais antes dos dos noivos (como em alguns exemplos), mas na minha interpretacao ficou claro que os pais estavam abencoando e os noivos convidando, nao?
    Financeiramente meus pais estao ajudando, mas prefiro ver isso como presentes. Minha sogra nao ofereceu ajuda financeira (nao pedimos), mas no casamento civil ela que organizou (e pagou) o chá da tarde para os familiares presentes.
    Felizmente poderíamos bancar a festa com ou sem ajuda financeira, entao nao estamos chateados ou supervalorizando isso. Acredito que pagando ou nao os pais (e irmaos) serao sempre co-anfitrioes, pois sao eles que distribuem parte dos convites e, principalmente, que recepcionam os convidados.
    Acho importante colocar os sobrenomes, seja implícito no nome completo dos pais ou junto ao nome dos noivos.

  5. Patricia, disse:

    Casei em 21/07, e mesmo sendo o noivo e eu os responsáveis pelas despesas, decidimos colocar os pais convidando, por uma questão de carinho e para que eles se sentissem orgulhosos, meus pais não teriam condições de arcar com a festa, mas tudo só foi possível por eles terem nos criado, mantido, e trazido até ali, então colocamos como eles sendo os anfitriões.

  6. Bia (convites AboutLove), disse:

    Apenas complementando este excelente post da Fernanda, acho importante citar alguns outros fatores que influenciam na decisão do texto para o convite.
    Historicamente os pais da noiva se colocavam como anfitriões principais para a festa e por isso tinham seus nomes citados com prioridade. O evento era considerado uma apresentação do casal à sociedade e a composição da lista de convidados ficava a revelia dos noivos. Nesta época até a participação dos noivos na organização geral dos casamentos era restrita e a diversidade de temas era muito menor(os casamentos eram muito parecidos). Não se esqueçam que já houve uma época em que os noivos não tinham nem mesmo a intimidade necessária para decidir por si próprios com quem iriam casar!

    Apesar de a tradição sempre ter um importante papel na etiqueta, felizmente as coisas tem mudado. Os noivos se casam um pouco mais maduros, muitos até após conquistar a independência financeira, e depois de formar um círculo de amigos em conjunto que compõem grande parte de seus convidados. A composição da lista e o estilo do casamento deveriam ser fatores mais importantes na decisão do texto adotado que a mera apuração de quem pagou mais.

    Se vocês pretendem fazer um casamento menos tradicional e sua lista de convidados não tem desconhecidos do casal, não há razão para seguir a tradição cegamente.
    Este evento é um momento para vocês expressarem quem são como casal e o texto tem que vir do coração e não do bolso. Escrevam o nome dos seus pais pelas razões certas e não porque a convenção dita isso.

    Fiquei curiosa e fiz um levantamento de como se dá a distribuição desse item entre os noivos da AboutLove. Somente 15% dos casais incluiram o nome dos pais, 60% fizeram uma menção carinhosa como “juntamente com seus pais” e os 25% restantes decidiram não escrever seus nomes.

    Minha dica fica: escrevam o que sentem e o que faz sentido para o contexto do seu casamento.

    Beijos

    Bia

  7. Lúcia, disse:

    Não concordo com a ideia de que devem aprarecer ou não os nomes dos pais de acordo com “quem pagou o quê”…..convite de casamento não é isso !! No caso de bodas de 25, 30 anos etc……os filhos convidando também não é momento de informação financeira. Acho muito bacana que adolescentes ou mesmo crianças convidem para uma missa em comemoração às bodas de seus pais ….

  8. Lari, disse:

    Concordo com a Lúcia…
    Gente, na minha opinião um convite de casamento não é a hora de deixar explícito a condiçào financeira de cada um ou a cooperação dos mesmos… Afinal, os nossos pais pagando metade, 100% ou nada já deram o principal para cada um de nós, a vida e a educação.
    Aliás, acho extrema falta de educação querer deixar implícito quem pagou o que. É a mesma coisa que ficar comentando para cada convidado quanto foi o preço do buffet por “cabeça”.
    Os pais devem receber o carinho que merecem e o que deve sim ser explícito é a importancia deles para cada um de nós.
    De qualquer forma meus pais e os pais do meu noivo vão estar no convite como “pais convidam” ou outra forma carinhosa que eu ache bonita. Mas essa distinção de quem paga o que é o fim. Casamento comemora a união, igualdade, o complemento… Essa distinção é no mínimo grosseira.

  9. Fernanda Brazileiro, disse:

    Fernanda,

    Gostaria de algumas dicas sobre o texto que se escreve no convite.

    Gostaria de algo tradicional..

    bjos e adorei o post.

  10. Elisa, disse:

    Eu fui num casamento semana passada onde nao constava o nome dos pais no convite (como quase sempre fazem aqui na Alemanha). Na hora do discurso o noivo agradeceu nominalmente os sogros e os pais por todo o suporte ao longo da vida e pela ajuda financeira para a festa. Achei muito humilde e bonito.
    Acredito que isso também possa ser uma forma de homenagear no caso onde só uma família está bancando a festa, acho que fica mais bonito e com menos chance de melindres quando é a nora ou o genro dos pais pagantes que agradecem.
    Acho que no Brasil fica muito estranho colocar o nomes dos pais com destaque diferente no convite (como fazem nos EUA onde normalmente ainda sao os pais da noiva que convidam).

  11. Mirella, disse:

    Olha o meu convite ai!! Que surpresa! rs

  12. Sarah Reis, disse:

    O meu caso é igual ao da Patrícia. Vamos colocar nossos pais como “quem convida” mesmo sendo a gente que esteja “pagando”. A Lúcia e a Lari disseram tudo. Isso é o que menos importa. Para mim eles aparecerão porque sem eles não estaríamos lá. O que somos devemos a eles. É sinal de carinho, respeito…

  13. Suelem Martins, disse:

    o nosso convite também estará como os pais convidando, mesmo sendo nós e meu pai os colaboradores financeiros da festa…acho que nessa hora o carinho da relação com a familia que deve mandar, e não quem pagou o que…também acho estranho vermos dessa forma..beijos

    • Fernanda Floret, disse:

      Oi meninas, concordo com tudo! O post não foi para dizer no sentido de “quem está pagando” e sim quem é o anfitrião. Convite é para convidar, não para dizer quem está pagando, com certeza!! O que eu quis dizer é que o tradicional sempre foi os pais convidando, porque antigamente eram sempre eles os anfitriões. Mas hoje em dia os tempos mudaram, as famílias mudaram, as festas de casamento mudaram, e por isso existe vários versões de convite de formas diferentes convidando, e que todas são corretas. O que eu quis foi dar vários exemplos, porque muitos noivos ficam inseguros de fazer de um jeito ou de outro.
      Mas cada caso é um caso, cada família é uma, concordo também com a Patricia e a Suelem que mesmo sendo os noivos quem arcaram com a festa, preferiram deixar no convite os pais convidado por carinho, homenagem, tradição. Cada um escolhe o que é melhor para a sua própria história ;-) – vou alterar um pouco a introdução do post para ficar mais claro… beijos!

  14. Izabela, disse:

    Nossa, isto ja gerou uma pequena discussao aqui em casa entre mim e minha mae. Eu havia optado em nao por os nomes dos pais; nao por questão de quem esta pagando ou nao mas sim, pelo fato de que eu e meu pai nao nos falamos.Quando falei para minha mae que nao citaria o nome dos pais , ela ficou magoadissima!!Agora, nao sei como irei fazer: mesmo meu pai estando vivo, ficaria feio eu por o nome dos pais do noivo, o da minha mae e nao cita-lo?

  15. Laís, disse:

    Olá Fernanda, EU AMO, AMO AMO seu blog! E aproveitando sempre tive dúvidad sobre essa história de convite. Me caso ano que vem e eu e meu noivo estamos bancando a cerimônia e a recepção (super pequena) e o apê onde vamos morar. Como os meus pais são separados nao queria constranger minha mãe e nem os pais dele. Por mim, nem colocava nome dos pais no convite, porém os pais dele são super antigos. Como fazer??????? HELP ME!!!
    bjuuusss

  16. Fernanda, disse:

    Adorei o Post! No meu caso nao gostaria de colocar o nome do meu pai no convite. Fiquei feliz em saber que existe outra forma de convidar, sem colocar o nome dele.

  17. Deborah Rocha, disse:

    Não entendo o motivo de tanto drama. O casamento é de quem se casa, não de quem paga as contas.Até pelo simples fato de que paga a conta quem quer. Querer se intrometer nas escolhas dos filhos é uma forma grotesca de egocentrismo,desrespeito e falta de amor verdadeiro. Ninguém é obrigado a nada. Todos os detalhes do casamento devem ser decididos, única e exclusivamente pelos noivos. E , não devem, em hipótese alguma seres questionados.Por mais que esse momento seja importante para outras pessoas , jamais ele terá maior importância e melhores lembranças do que para os noivos.

  18. Manuella, disse:

    Fer, post polêmico esse, hein?! Bem… no meu caso, quem arcou com as despesas da festa foi a minha mãe, já que o meu pai nunca contribuiu muito financeiramente. E o meu noivo já está no segundo casamento. Tive muita dúvida na hora do convite, mas escolhemos com o coração. O noivo fazia questão dos pais convidando (o primeiro casamento dele foi só no civil e não teve convite). Para ele essa seria a maior demonstração de gratidão à mãe (meu sogro já é falecido). Então, apesar de pouco convencional, nossos pais convidaram com um pequeno detalhe diferente: as nossas mães eram figuras mais importantes, portanto o nome delas veio em cima e o nome dos nossos pais embaixo. Assim entendemos que estávamos homenageando-as!!!!

    Beijos

  19. Stella, disse:

    Que polêmica, hein ??? Adoro o blog…. um dia com certeza colocarei em prática todas essas dicas. Já estou morando junto com meu “namorido” há 11 anos e junto temos 4 meninos (de 15 a 5 anos) – Apesar deles não terem idade para arcar com as despesas do casamento (por motivos óbvios) acho uma ideia super legal colocar o nome deles convidando para o casamento de seus pais – daqui há 10, 15 anos com certeza será muito bem lembrado por eles !!!

  20. Celine, disse:

    Na minha opinião, tem de ser respeitada a vontade dos noivos. Se puder fazer a vontade dos pais em algumas coisas, melhor ainda!!! Caso ano que vem e estou fazendo meu convite. Fiz uma enquete e não houve problemas por não ter os nomes por extenso deles. Nada contra, mas prefiro algo mais clean.
    Minha dúvida é sobre o traje. Como deve ser colocado no convite? Não pretendemos ter a formalidade do terno + gravata, ainda mais que será final de tarde de verão, mas tbm não queremos calça jeans rasgada ou bermuda… Antes era chamado de esporte fino, existe esse termo ainda?
    Parabéns pelo blog! Tem idéias ótimas!!!
    Bjos

  21. Maisa, disse:

    Ótimo post Fernanda.Muito esclarecedor,o blog me acompanhou desde os preparativos do meu casamento que foi dia 13 desse mês,muitas dicas e inspirações…Inclusive a frase “sempre presente” coloquei no meu convite depois do nome do meu sogro (que é falecido)porque li aqui no blog!Achei uma forma elegante de demonstrar o quanto ele é amado por nós,todos os convidados adoraram e se emocionaram muito!
    Parabéns!Obrigada,mesmo casada não deixo de acompanhar seu blog…rsrs…
    Bjs
    Maisa

  22. Suellen Rodrigues, disse:

    adorei os post´s, muita coisa não sabia.

  23. elaine, disse:

    Minha amiga vai casar e nao quer por o nome do pai, e me pediu uma ajuda de bolar algo para por no convite o que devo colocar?

  24. Maiara, disse:

    Gostaria de saber como que eu posso fazer no meu convite de casamento, sendo que eu não conheço o meu pai, amo a minha mãe, mas fui criada pelos meus avós maternos… Alguma idéia?

    • Fernanda Floret, disse:

      Oi Maiara, se eu fosse você colocaria no convite o nome dos avós e da mãe, os 03 juntos! Beijos

  25. c.a.baltazar, disse:

    Colocar o nome dos pais no convite de casamento é um ato de carinho a quem já fez muito pelo casal e independe de contribuição financeira e sim de consideração e respeito.
    Como também discordo de pesquisas pois as minhas pesquisas em 35 anos de mercado no ramo de convites não dizem isso.
    Como também concordo que cada cabeça é uma sentença e o papel aceita tudo. Portanto, todos são livres para escrever o que bem lhes apetecer.
    Abraços,
    c.a.baltazar

  26. jessica, disse:

    ola fernanda estou com algumas duvidas meu namorado perdeu a mae eo pai como eu coloco no convite de casamento

  27. cristina martino, disse:

    Estou desesperada,fui criada por meu pai e minha madrasta(de quem gosto muito,e está me ajudando muito financeiramente e em todos os preparativos do casamento)não me relaciono muito bem com minha mãe.Como colocar os nomes nos convites sem magoar minha madrasta.

  28. Graciane Costa, disse:

    Post fantástico! Esclareceu milhares de dúvidas minhas!! =*

  29. Nanda, disse:

    Olá! Meu noivo não fala com a mãe, e o pai sempre foi ausente, sendo que ele foi criado pelo avô!! Já meus pais fazem questão do nome deles no convite! Tu acha que posso colocar o nome dos meus pais e do avô dele (sem os pais dele), convidando no convite, ou fica muito feio?? kkkkkk! preciso de ajuda!! obrigada!!!

  30. Fernanda, disse:

    Olá, tenho uma dúvida… Meu noivo não tem uma relação muito boa com os pais dele, então ele não quer que o nome dos pais estejam no convite. Mas eu tenho uma relação muito boa com os meu pais e gostaria que o nome deles estivessem lá. Eu e meu noivo que iremos pagar o casamento. Como eu posso fazer um convite sem desagradar ninguém?
    Agradeço a atenção…
    Bjos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

R.S.V.P. é a abreviação de Répondez S’il Vous Plaît, expressão francesa que significa “Responda por favor”, usada para solicitar que os convidados confirmem presença ou não no evento que foram convidados. Quem é noiva sabe, as despesas de uma festa e principalmente o cálculo de quantidade do serviço de buffet e bebidas é feito pela quantidade de pessoas que irão comparecer ao casamento, por isso é importante saber o número mais aproximado possível de quantos serão.

O R.S.V.P. pode ser passivo, quando um número de telefone, e-mail ou site é disponibilizado para que os convidados confirmem presença, ou ativo, quando uma pessoa entra em contato com os convidados confirmando a presença no evento.

Perguntamos na nossa página no facebook quais são as principais dúvidas das noivas sobre o serviço de confirmação de presença, e aqui estão as respostas:

Devo colocar o RSVP no próprio convite ou num cartãozinho em anexo?

O uso do cartãozinho individual anexado ao convite é uma questão cultural com muitas diferenças entre as cidades do país. Aqui em São Paulo praticamente não se usa o cartãozinho anexado (é considerado vale-empada, considerado feio!), mas sei que em muitas cidades do interior de São Paulo e do Nordeste é tradicional ter para o controle da quantidade de convidados e evitar penetras. Se no seu convite irá ter o cartãozinho anexado, o RSVP pode ir no cartãozinho, porém como disse a Raquel Salaro da Chá das Duas: “O mais usual é escrever essa informação diretamente no convite, em letras menores e no final do layout.

Devo colocar telefone e site para confirmação ou pode ser apenas uma opção?

Muitos noivos escolhem criar um site sobre o casamento e incluem um espaço para confirmação de presença no próprio site. Mas lembre-se que nem todos os convidados, especialmente os mais velhos, estão acostumados a confirmar presença através da internet, então é melhor ter duas opções. A Samara Costa da Scards deixa a dica: “A Scards indica incluir no rodapé do convite da seguinte maneira: R.S.V.P. e sugestões de presentes pelo site www…. ou pelo tel. xxxx-xxxx, assim incentivando os convidados a saberem onde está a lista e confirmar presença ao mesmo tempo.

Posso escrever em português “Favor confirmar presença” ao invés da sigla R.S.V.P.?

Sim! “O termo ‘favor confirmar presença’ gera menos dúvidas entre os convidados, já que R.S.V.P. pode não ser tão conhecido entre eles“, lembrou a Raquel da Chá das Duas. A Patricia Testoni da Phatt Design também comenta: “Para mim, a regra é ficar bonito e fazer sentido! Então pouco importa se a informação vai junta ou separada, com o título de “RSVP” ou “Confirme a sua presença”. Não existe fórmula mágica. Que a informação chegue bem apresentada, com clareza e ainda originalidade suficiente para “wow” os convidados,  essa é a nossa verdadeira preocupação!

Posso colocar uma data limite para as confirmações?

Sim, lógico que pode! Normalmente o limite é 15 dias antes da data do casamento.

Contrato alguém para atender ao telefone ou pode ser eu mesma?

Infelizmente não vai dar muito certo ser você mesma. Os convidados ficam constrangidos de falar que não poderão ir diretamente para você e acabarão inventando uma desculpa. E pior, quando confirmarem a presença da família inteira incluindo a amiga que veio do interior, papagaio, vizinhos etc, você ficará sem graça de falar não. Por isso o ideal é ter uma pessoa contratada para tal função. A maioria das assessorias de casamento oferecem este serviço. A pessoa que atender ao telefone deve ter a lista completa dos convidados para confirmação e informações de onde está a lista de presentes. Caso você não possa investir numa pessoa para atender ao telefone, delegue esta função para alguma amiga, madrinha, uma pessoa sem vínculo familiar (para não ter  problema de negar convites para o tio, por exemplo).

Se eu enviar o convite com RSVP e meus convidados não me responderem, eu posso ligar ou enviar um email para cobrá-los?

Este é o RSVP ativo, pode e deve ser feito sim. Mas o ideal é que não seja você, pelos motivos escritos acima.

Como deve o serviço de RSVP reagir caso o convidado queira confirmar mais pessoas do que constavam como convidados em seu convite? Por exemplo, no convite estava Fulano e esposa e a pessoa liga querendo confirmar a presença dele, esposa e filhos?

O serviço de RSVP deverá explicar que somente pode confirmar a quantidade de pessoas que consta no convite e na lista, no caso 2 pessoas. Para ficar mais “ameno”, pode dizer que há limitação de espaço e que por isso infelizmente os noivos não puderam convidar todos os queridos. Na festa, é uma decisão dos noivos barrar na entrada quem não tem o convitinho ou quem não está na lista (deve ter uma lista na porta e quantidade de recepcionistas suficiente para conferir os nomes na entrada).

O R.S.V.P. funciona ou não? Por que as pessoas não confirmam presença?

É cultural gente, infelizmente no Brasil a imensa maioria das pessoas não tem o costume de confirmar presença, não entendem a importância e educação de tal ato. Não adianta ficar triste com isso, as pessoas realmente não lembram mesmo de ligar ou enviar um email confirmando. Por isso o RSVP ativo é muito mais eficaz que o passivo. E mesmo no ativo, em geral (cada caso é um caso) você pode considerar que 10% dos confirmados não irão, afinal aparecem imprevistos no dia e sempre tem os que confirmam por vergonha de dizer que não poderão ir, preferem confirmar e inventar uma desculpa depois. É feio mas é a realidade, calcule que 10% dos que confirmaram não irão e pronto (em mini-weddings a porcentagem de faltosos é bem menor).

Obrigada pela ajuda das nossas especialistas em convites: Chá das Duas, Phatt Design e Scards.

converse com a gente
 0      11        0
DEIXE SEU comentário
45 Comentários
  1. Larissa, disse:

    Adorei!!!!
    Quem dera se todas as pessoas entendessem a importancia do RSVP….

  2. Elisa, disse:

    Estou terminando de fazer a arte do convite e foi ótimo. Coloquei “por favor confirme a presenca até dia tal” (15 dias antes) e em alemao a mesma coisa (casamento bilingue). Coloquei site e emails, além dos enderecos e telefones (o nosso e o do meu pai no Brasil). Pelo jeito fiz certinho :)
    Com os alemaes eu nem me preucupo, pois eles estao acostumados a confirmar bem antes (ainda mais num destination wedding). Para os brasileiros esquecidos vou escrever um email “para lembrar” e pedir pra uma amiga telefonar para os que nao se manifestarem.
    Acho o servico de RSVP ativo uma maravilha, mas achei que por ser um mini-casamento o gasto para poucos telefonemas nao compensaria.

    Outra coisa Fer, fica chato perguntar para as parentas e amigas quem gostaria de ter o nome na barra do meu vestido? Tem umas “juntadas” a décadas, outras que se dizem casadas com o namorado/noivo, algumas em uniao civil, tia gatona divorciada, um casal jovem de lésbicas e por aí vai. Nessa constelacao fica difícil de saber quem quer e quem pode até se ofender.

  3. Grazi, disse:

    Post MUITO, MUITO útil.
    Estou exatamente neste momento.. e é fato que no Brasil as pessoas não costumam se lembrar de confirmar presença.
    Uma das minhas madrinhas, muito querida, se ofereceu para me ajudar na confirmação e tem dado super certo, a pesar que a maioria que confirmou até agora preferiu usar o site.
    Agora mãos à obra e dá-lhe RSVP ativo!
    beijo!

  4. DANIELA, disse:

    No meu casamento preferi colocar o “Gentileza confirmar presença até tal dia”, foi bastante aceito, mas alguns convidados preferiram ligar na casa dos meus pais para confirmarem do que para a pessoa responsável, mas não tivemos problemas com convidados extras, os únicos convidados extras ‘caíram de paraquedas’ na casa do meu pagem, e como muitos parentes meus me ligaram dizendo que não daria para vir, eu liberei.

    Meu RSVP foi passivo até 1 semana antes do casamento, que foi quando a responsável por receber os telefonemas passou a enviar e mails e ligar pedindo uma posição, e deu super certo, também pode ser uma opção..

    Beijoss

  5. Luciana Teixeira, disse:

    Fer, já que vc falou sobre a questão de cada região, gostaria decontar como funciona aqui em juiz de Fora!
    Minha cidade é um pouco atrasada, as lojas de roupas para pajens só oferecem terninhos pq dizem que os pajens TÊM QUE IR igual ao noivo, e quando eu digo que não quero assim, as atendentes acham que eu sou brega e que meu casamento será um fiasco!!!! rsrsrs!!!
    Os convites TÊM que ir endereçados assim quando o patriarca já casou os filhos: “Sr Fulano de tal e família, extensivo aos filhos casados” Se não a pessoa não vai e e não aceita que está sendo convidada somente com sua esposa!!!
    Tudo aqui está ultrapassado e eu estou sofrendo com isso depois que comecei a acompanhar o seu blog, pois percebi o quanto as coisas aqui estão erradas!!!!
    Com o RSVP não é diferente, isso nem se usa aqui!!! Sabe o que as pessoas fazem?? Convidam no convite para a cerimônia e no final vem escrito que os noivos receberão os cumprimentos na igreja. Nunca é colocado no convite que haverá festa, mesmo quando tem!!! Anexado ao convite vem os “vale empadas” que vc falou para os mais íntimos irem a festa! Acho horrível isso, pq umas pessoas recebem os chamados “convites individuais” e outras não, o pior é quando as pessoas que não receberam os convitinhos anexados dentro do seu convite de cerimônia, ficam sabendo que houve festa e não foram convidados!!!!! Isso já aconteceu comigo, fiquei chateada, mas fui a cerimônia do mesmo jeito, pior é que tem gente que acaba não indo a cerimônia pq se sente excluída, e com razão!!!!
    Bom, é assim que fazem aqui na minha cidade, realmente é uma questão cultural, como várias coisas nos casamentos e é muito difícil mudar isso!
    Bjos e parabéns mais uma vez pelo blog, eu simplesmente AMO esse espaço!!!

  6. Marina, disse:

    Oi! Gostaria de dar uma sugestão que funcionou muito bem! Na página inicial do casamento, depois da foto dos noivos e tal, eu coloquei em negrito “Por favor confirmar presença no link RSVP! Crianças são benvindas, por favor, informar o número para a recreação”. (Tinha 2 monitores que foram um sucesso para os pais rsrsrs)
    Coloquei bem destacado mesmo, e assim tive 90% das confirmações pelo site!

  7. Fabi, disse:

    Dicas bem acertadas. Nós disponibilizamos um formulário no site ou e-mail e um telefone para o RSVP. Grande parte dos convidados confirmou, mas contei com uma pessoa para fazer o RSVP ativo também, o que nos deu muita tranquilidade, pois o local da recepção realmente tinha uma limitação do número de pessoas. Só não acho elegante incluir as sugestões de presente no convite. Eu deixei a lista no site e coloquei o endereço do site no convite. De outra forma, parece que se está exigindo presente, o que náo é nada elegante.
    Beijo!

  8. Fabi, disse:

    PS: site dos noivos, náo da loja.

  9. Letícia, disse:

    Como sempre, maravilhoso post Fernanda!
    Na minha família o problema é o tal do “eles sabem que eu vou, não preciso confirmar”… ¬¬
    Quem sabe eu consiga mudar um pouco isso com essas dicas :)

  10. Elisa, disse:

    Luciana,
    tem uma parte da minha família que pensa assim. Vou convidar um tio-avô e a esposa, as 5 filhas com as famílias eu nao irei convidar, mas já sei que terei que telefonar e explicar a situacao.
    Minha mae ficou chateada no início de nao convidar as primas (me deu até dó), mas já aceitou que seriam MUITAS pessoas (ca. 35) a mais (que o noivo nem conhece, pois moramos longe). Espero que se as primas dela ficarem chateadas que seja comigo.
    Quem tem família “primária” grande normalmente nem tem escolha de fazer uma coisa menor, mas quem tem família extendida grande e quer fazer um casamento pequeno acaba sendo muitas vezes um drama para os pais.

  11. Elisa, disse:

    Letícia,
    na minha família tb tem esse “eles sabem que eu vou” e confesso que já pensei assim no passado.

  12. Renata, disse:

    Olá. Acho que todas aqui têm algum problema com a lista de presença. O vizinho que você nem conversa, a tia que nem ao menos sabe que você namorava ou as pessoas que simplesmente se oferecem para ir no seu casamento.
    Eu namoro há oito anos e algumas pessoas ‘acompanharam’ o romance. Digo acompanharam, porque sem querer nos encontrávamos em alguns lugares e essas pessoas se acharam no direito de me cobrar um convite para o casamento.
    Infelizmente, um momento de muita alegria para mim e para o meu noivo tem de ser abafado para evitar este tipo de problema.
    Também tenho uma tia que não tenho contato. Pelo meu pai não precisaria convidar, mas é chato eu apenas convidar o casal e deixar os filhos de fora? Ou simplesmente tiro da minha lista? Não tem cabimento eu deixar de convidar um amigo que me acompanha diariamente para chamar um parente que nem lembra que eu existo.
    O que fazer nessas horas?
    Fer, me dê uma ajuda.
    Obrigada.
    bjs

  13. Dani Freitas, disse:

    Fe, deixa eu te contar uma coisa curiosa que aconteceu comigo: fui convidada para um casamento de um casal com quem não tenho intimidade e não poderia ir.
    Como já casei e sei da importância do RSVP, entrei direitinho no site indicado no convite, uns 15 dias antes do casamento, e no campo adequado informei que não poderia ir.
    Alguns dias depois, recebo um telefonema do cerimonial, pedindo confirmação de presença. Eu disse que não iria e que já tinha dito isso pelo site. A moça ao telefone respondeu que “ah, mas nós não temos acesso a este site, isso é com os noivos apenas”.
    GENTE. Pra que então tem o site, indicado no convite? Me deu a impressão que era só para pedir presente…
    Minha dica: noivas, não façam isso. Trabalho duplo (e custo duplo, imagino) e fica meio feio…

  14. Danieli, disse:

    Nossa!!
    Fernanda, ótima matéria!!
    As dicas são excelentes!
    Beijos

  15. la, disse:

    Adorei o post! Seria ótimo se as pessoas entendessem a utilidade do RSVP.
    Eu estou preocupada por que na minha familia nunca ninguém fez uma festa onde o RSVP existia… Então já estou me preparando para ter que entrar com RSVP ativo no fim das contas….

  16. Larissa Catossi, disse:

    Olá Fernanda, tudo bem?
    Sou de São Luis, Maranhão, e já acompanho seu trabalho a algum tempo, parabéns, seu blog é incrível!
    Estou te enviando esta mensagem pq tenho planos de casar em Paris no mês de novembro deste ano, queria saber se vc tem o contato de alguém que poderia me ajudar a organizar uma pequena cerimônia, seria apenas uma benção de um pastor que fale português, make, cabelo, fotógrafo, filmagem, essas coisas…
    Aguardo seu retorno!
    Beijos,
    Larissa Catossi

  17. Carina, disse:

    Gente achei o máximo isso de rsvp ativo! Sou de Florianópolis e aqui nao se faz mt isso nao… Aliais aquele papelzinho no míni clips é ainda o mais usado por aqui…

  18. Amanda Boer, disse:

    Fe, você sempre vem com os posts certos na hora certa, salvou!

    Obrigadaaa!

    bjsss

  19. Fernanda Cardoso, disse:

    Fê, post certo na hora correta! to passando um bocado para que as pessoas entendam a importância do RSVP!!!
    Agora partirei para o ativo, verei no que vai dá… mas já vou zumzum de gente (mais velha) falando que é deselegante.

    aiai respira e segue né.

    Bjo adoro o seu blog!

  20. Mari Gianini, disse:

    Excelentes dicas!
    Estou na fase do convite, e RSVP era uma de minhas dúvidas…vou colocar como confirmação de presença mesmo, também terá a opção de visitar o site, realmente deixar o convitinho individual não é muito legal, é mais pra controlar mesmo, por causa da nossa cultura, temos que deixar o convite com outra cara
    :-( NO meu caso, terá n.
    localização vai ter também, uma de minhas madrinhas irá ligar para os convidados e confirmar a presença de cada um. Gente casamento é caro mesmo, e as pessoas tem que entender que se já convidamos 2 pessoas daquela família é que temos o mínimo de consideração…geralmente os filhos nem querem ir, tem namorada etc, aí já inclui mais gente e vira Brasil..hahaha eu mesma não sou convidada pra vários casamentos, ficava chateada no início, mas depois a gente acostuma, meus pais nunca me levaram e nem por isso morri. O que importa é o bem casado do dia seguinte.hahaha

    Beijosss

  21. Mariana Melissa, disse:

    Ótima dicas!
    Ainda não cheguei a essa fase dos preparativos para o meu casamento, não tinha tanto conhecimento a respeito do R.S.V.P., gostei muito de ter aprendido mais sobre o assunto e com certeza pretendo aplicar tudo que aprendi! ^^

  22. Ge Martins Bueno, disse:

    Ai Fe, como esse assunto é importante e causa tanta chateação para as noivas, né?!
    Mas no Brasil infelizmente é cultural a maioria das pessoas não se importar mesmo com a confirmação de presença.
    O que ao meu ver é tão crucial para o sucesso de eventos mais especiais como os casamentos.
    Depois do banho de faltas que tivemos no nosso mini wedding ( 30% dos confirmados não apareceram no dia), conhecemos relatos de muitas outros casais que tiveram uma margem de faltas até maior que a nossa.
    É muito triste, pois trata-se de um momento tão especial, planejado criteriosamente por no mínimo um ano, gasta-se muito também etc… para na hora as pessoas fazerem isso.
    No dia do casamento nós estávamos tão felizes e envolvidos que nem nos demos conta, mas depois ficamos bem incomodados com o fato.
    O jeito é superar, mas fica o alerta para quem ainda vai se casar, pois o assunto é bem mais sério do que parece e é bem mais comum do que a gente imagina, essas quantidades absurdas de faltosos.
    A maioria dos noivos que passa por isso acaba nem comentando com ninguém, mas acontece bastante, pois na nossa cultura não se educa as pessoas para esse tipo de coisa.
    Parabéns pelo post!

  23. Uiara Hoffmann, disse:

    Eu tb sou de floripa e já sei que vou ter problemas com isso, ninguém confirma e na família então o eles sabem que eu vou …. nem comento! Quando contratei a cerimonial pedi um RSVP ativo, mas ela disse que costuma colocar “sua presença já está confirmada, mas caso não possa comparecer favor avisar e-mail e fone” e disse que funciona muito bem. Mas tenho minhas dúvidas, alguém já fez dessa forma?

  24. Aly, disse:

    Excelente esse post! Muito útil!

  25. Aly, disse:

    Ge Martins,

    Mas por que vc acha que houve tantas faltas no seu mini-wedding? Seu casamento foi longe ou durante a semana?
    Tbm vou fazer um mini-wedding e sempre ouvi falar que a quantidade de faltosos é menor nesse tipo de evento (já que vc chama só pessoas mais próximas etc)..

  26. Camila, disse:

    Fê, depois que li sobre o RSVP liguei correndo e pedi para mudar o meu convite! Aina bem que deu tempo!!

  27. Ge Martins Bueno, disse:

    Oi Aly,
    Até hoje a gente estranha o fato também, pois o casamento foi num sábado, para 112 pessoas, era na mesma cidade em que moramos e as pessoas que faltaram eram todas daqui mesmo.
    O mais incrível é que quase todos os meus convidados eram de outra cidade e até de outro estado, pois a minha família inteira não mora aqui e nenhum faltou.
    Essas faltas foram todas(sem exceção)dos irmãos da minha sogra e suas respectivas famílias, que moram aqui mesmo e chegaram até a confirmar presença.
    Então, como meu marido tem pouco contato com esses tios e convidou mesmo só para não chatear a mãe, nós nem fizemos questão de perguntar sobre o não comparecimento. Porém ele acha que possa ter sido pelo fato de que quase nunca os vê ou por falta de consideração deles mesmo.
    Entretanto, os amigos e familiares íntimos que participam ativamente da nossa vida e acompanharam toda a nossa linda história de amor estavam lá e isso é o que mais importa.
    Não se preocupe pois tudo dá certo no grande dia, mas se eu fosse casar hoje, com certeza tomaria duas decisões primordiais: enxugaria ainda mais a lista de convidados, evitando essas pessoas não tão próximas e aumentaria um pouco essa conta convencional de 10% que é regra dos cerimoniais para pelo menos 20% e teria minimizado um pouco nosso prejuízo.
    Espero ter ajudado! Bjs ;)
    Fe desculpe pelo tamanho dos dois comentários.

  28. Priscila, disse:

    Ola Fernanda,
    Alguem sabe qual é a prática no RJ? Sou carioca, porém não estou morando no RJ. Nos últimos casamentos que fui(a tempos) recebi o convite individual. Qual seria a outra opção, além do aviso no momento da confirmação de presença? Fiquei totalmente perdida agora! rs

  29. Anna Beatriz Friedl, disse:

    Vale empada nããããão! No rio esse convitinho sempre acompanha o convite e é muito deselegante! O pior é ter que apresentar aquilo, parece flyer de night!
    Lista de presente anexa ao cnvite nããããão! Convidado não é Papai Noel. Além disso, o que importa é a presença das pessoas queridas, não o presente, certo? Cabe aos convidados perguntarem onde está a lista, pois todos sabem que é comum haver uma lista de presentes. As noivas têm medo do quê??? De não ganhar presente?! Sério?!?!

    Uira Hoffmann, antes de tudo: inveja giga por vc morar aí em Floripa! Acredito que a sugestão da cerimonialista foi a versão americana do RSVP, o “Regrets Only”, onde a pessoa só liga se não puder comparecer. Na minha opinião, isso pode não dar muito certo, pq as pessoas desconhecem o procedimento e principalmente por que podem ficar sem graça de “desconfirmar” a presença.

    bjs

  30. Mariana Oliveira, disse:

    Muitas vezes vejo o famoso convitinho individual, ou vale empada como algumas chamam, ser taxado de deselegante e coisa e tal, mas sinceramente acho muito mais deselegante quem leva pessoas de “bicão” na festa alheia…. Isso sim é falta de educação, ainda mais sabendo que casar hoje em dia não está barato e muitas vezes os noivos fizeram uma série de sacrifícios para oferecer seja um mini wedding seja uma festa maior. Sempre existem aqueles convidados sem noção, geralmente aqueles mais distantes e que acabamos chamando por educação, que levam a namorada do filho, o amigo e o papagaio! Eu não vejo problema com o convite individual, acho que se tornou uma coisa até comum em SP, tanto que ninguém exige a apresentação deles na porta, é mais uma indicação de quantas pessoas daquela família estão sendo convidadas. Acho válido colocar pelo menos nos convites daqueles convidados mais distantes e sem noção. Quanto à lista de casamento, acho uma chatice ter que ficar perguntando pros noivos onde estão as listas! Às vezes você nem tem tanta intimidade e a indicação no próprio convite facilita! Com a vida que levamos hoje, o negócio é sermos práticas!!! Lembrando que as tias velhinhas não têm o costume de entrar na internet…. Por fim, acho hipocrisia dizer que não esperamos presente…. todos esperam!!!! É claro que ninguém vai cobrar o presente, ou exigir um mega presente, mas esperamos a lembrança sim!!!

  31. Elisa, disse:

    Fui num casamento que no verso do convitinho (o vale-empada) tinha um mapinha pra chegar na festa. Achei até que interessante, pois o mapinha foi ótimo e nao precisamos levar o convitao pra saber o endereco.
    Eu nao irei colocar o convitinho porque estou fazendo uma coisa pequena e as mesas sao marcadas (daí a recepcionista confere o nome e diz a mesa do convidado).

  32. Elisa, disse:

    Mariana, acho que ninguém aqui considera quem leva bicao elegante ou educado.
    Pra mim é um prazer falar noivos, saber como eles estao e até perguntar da lista. Ainda bem que vou fazer um mini só com pessoas queridas, nao quero nenhum convidado achando uma “chatice” falar comigo.

  33. Érica, disse:

    Acho bastante deselegante a lista de presente anexada ao convite. Qto ao vale empada, percebo que os casamentos mais refinados também não os têm. Mas acho que vale mais para indicar o número de convidados; sempre há os “sem-noção” que levam junto a irmã da namorada do filho, por exemplo. Mais os mais deselegante de todos – fugirei um pouquinho do assunto – são as malditas gravatas cortada em troca de $. Que isso? Cobrança de ingresso para o casamento? Horrível #prontofalei

  34. Mariella (Mari e Eder), disse:

    Olá!

    Adorei o post!!

    Quase um post de utilidade p´blica!!!

    Já passei pras minhas clientes!!

    bjao

  35. Simone, disse:

    Fernanda…pleaseeeee
    Não fica deselegante escrever RSVP e sugestões de presente no convite???? Como eu faço please

  36. Simone, disse:

    alguem tem para indicar empresa que faz RSVP em sp sem cobrar um absurdooo de caro, me ajudem please

  37. Aly, disse:

    Ge Martins,

    Obrigada pelos esclarecimentos! Vou seguir suas dicas e evitar mais ainda os convidados “só por obrigação”. Por coincidência, no meu caso estes convidados também são da parte do noivo. Quer me parecer que os homens não têm tanta coragem de fazer cortes nos convidados da mãe! rsrs

  38. sabrina, disse:

    Gostaria apenas de contratar o RSVP Ativo, pois ja tenho os outros serviços.
    Conhecem alguma empresa?
    Obrigada!
    Beijo grande!!!

  39. Mariana, disse:

    Uma estratégia de um casal de amigos foi dizer que o local da festa EXIGIA o nome na lista na entrada e pedir por email confirmação. Eles pediram para alguns amigos fazerem a confirmação ativa, também.
    Aqui em Brasília usa-se sim o convite individual. E tem que ser assim. Tenho uma tia que comentou que uma vez mandaram 5 convites para a casa dela (pensando em quem morava na casa: ela, duas filhas, namorados/noivos das filhas), mas ela não achou certo não levar os filhos casados e os netos. Resultado, apareceu na festa com 11 pessoas. Depois que a filha casou, ela parou de fazer isto…

  40. Danielle, disse:

    Acho super importante confirmar a presença…me arrependo demais, de não ter contratado esse serviço. Chega a ser estressante ficar pedindo para que confirmem!!!
    No aniversário do meu filho se tivesse tido isso, a gente não teria saido no prejuizo, a gente convida as pessoas com o maior carinho e consideração, e algumas não vão e nem dão uma satisfação!! Resumindo, fizemos uma festa para 100, foi menos de 80..e tivemos q pagar do msm jeito!!
    Sei que pode até parecer deselegante e tal, mas vou ficar pertubando as pessoas mesmo…acho uma tremenda falta de consideração a pessoa nem se importar em dizer se vai ou não, poxa a gente paga mt caro neh!!!

  41. celia, disse:

    Parabéns pelo blog. Gostaria de saber como fazer a abordagem no RSVP ativo, como fazer as perguntas certas.
    Bjs

  42. Mônica, disse:

    Para a recepção do casamento os convidados receberão os convitinhos individuais. Porém, alguns convidados não comparecem e acabam repassando seus convites para outras pessoas que não foram convidadas. Vocês têm alguma sugestão elegante para evitar tal constrangimento?
    Abraços!

    • Fernanda Floret, disse:

      Oi Mônica, nossa, nunca escutei falar sobre isso, de passarem os convitinhos para outras pessoas, é o fim do mundo! Por isso que alguns casais começam a preferir o controle eletrônico na entrada, em que cada convidado tem um cartão com seu próprio nome…. Mas enfim, o correto seria os convidados serem elegantes de não passarem nenhum convite para frente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Os casamentos são cada vez mais cheios de detalhes e descolados, e os convites de casamentos precisam acompanhar o estilo da festa dos noivos. Ainda bem que temos cada vez mais convites bacanas e não apenas as opções tradicionais! Conversei com os fornecedores parceiros About Love, Chá das Duas e Scards e descobri que as tendências são o forro do envelope com impressão diferenciada combinando com a festa (em dourado fica chique! Estampadas e com textura surpreendem os convidados), recortes especiais e até a renda do vestido da noiva digitalizada no convite. Veja os detalhes abaixo:

Veja mais opções de convites no nosso Guia de Fornecedores.

converse com a gente
 0      13        0
DEIXE SEU comentário
12 Comentários
  1. Bruno Grossi, disse:

    Super legal. O melhor é seguir as tendências mesmo.
    Abraço

  2. Zoe, disse:

    Lindos convites!! Ameiiii o marrom com o laço!!!!
    Podem falar o que for, gosto é gosto claro, mas casamento mais tradicional é o mais lindo!!!!
    Não precisa ter exatamente todos os protocolos, mas ultimamente temos visto tantos casamentos vintage, informal, DIY, decoração mais informal, que aqueles tradicionais acabam ficando mais especiais!!!!!
    Feeee coloca mais casamento tradicional aqui!!!!
    Beijinhos

  3. Marcia Livia Marques Faria, disse:

    Gosto muito dos convites modernos, bem personalizados. Quando comecei e pensar no meu convite imaginei mil coisas, mas no final acabei optando por um modelo clássico, bem ‘limpo’, diferenciando apenas as letras. O resultado ficou muito elegante, todos se surpreenderam, ainda mais porque não coloquei o plástico mas envolvi cada convite com papel vegetal fechado por uma pérola!!!

    E viva os clássicos!!!

  4. Raquel, disse:

    Gosto do convite bem clean. Pode ter um toque moderno ou ser mais clássico de acordo com os noivos.
    Optei por um convite mais moderno e informal, porém, elegante, com detalhe da estampa da festa. Estamos seguindo uma identidade visual pros convites, lembrancinhas, site, etc.
    Estou precisando de uma ajuda para encontrar o saquinho de celofane para embalar um convite 11x26cm. Não estou achando nada para esse formato. Alguém tem indicação de algum lugar?
    Interessante essa ideia do papel vegetal com uma pérola, que a Marcia Livia falou. Deve ter ficado lindo!

  5. Mari Gianini, disse:

    Ai os convites da About Love são lindos demais, ela é super atenciosa e caprichosa…já estou vendo orçamento com ela.

    Beijos

  6. Débora Kelly, disse:

    Raquel, essa idéia do papel vegetal é ótima!
    O meu covite também vai embalado em papel vegetal com a estampa da festa e com um lindo laço chanel em gurgurão.
    Ficou tão lindo e delicado.Veja se o seu também não fica bem nessa embalagem!!! É uma boa dica!

    Beijocas meninas cheias de idéias.
    Quero ver o casamento de todas vocês por aqui…

  7. Larissa Cenedes, disse:

    todos simplismente lindos, mas o marrom com laço me encantou!

  8. Ge Martins Bueno, disse:

    Amei os da About Love, pois prefiro os modelos mais diferenciados.
    O meu convite seguiu totalmente a identidade do nosso casamento, em papel reciclado de gramatura mais alta, impresso com as cores principais da paleta da festa e com um lindo fuxico de coração em tecido estampadinho que confeccionei um a um para fechar a fita de lacre.
    O resultado final surpreendeu, pois a arte foi presente de um designer muito amigo que conhece bem o nosso jeitinho, e imprimimos numa gráfica rápida, o que fez o custo despencar!
    O acabamento artesanal fechou com chave de ouro e o deixou muito mais bonito do que as amostras dos fornecedores que eu havia visitado.

  9. Priscilla, disse:

    Os convites estão lindos. Eu fiz com a Phatt Design, indicação da Fernanda. Adorei o serviço, a atenção, o carinho com que fui tratada. Já finalizei a arte e agora só estou esperando os convites. A estampa é a mesma que será plotada na parede por de trás da mesa de doces. Os covites serão lacrados com cera vermelha feita com um sinete personalizado com o monograma dos nossos nomes. Ficou distinto, mas inovador. Estou super empolgada!!!

  10. Eliana, disse:

    Adorei os modelos recordados. Super diferentes!
    Entrei no site da Aboutlove e tem um mais lindo que o outro!
    Bjs

  11. Luciana Teixeira, disse:

    Cada um mais lindo que o outro!
    O meu é bem clássico, sem nenhum detalhe, bem limpo como disse a Marcia pois tb não haverá festa, mas fiz branco e preto que é a cor que escolhi para fazer as lembrancinhas e tal… Vou colocar tb um laço chanel preto para fechar e embalar com o saquinho de celofane!
    Mas essa idéia de colcar detalhes da festa no convite é maravilhosa! Não fica aquela bagunça de detalhes, convite de uma cor, festa de outra… Achei muito bacana! Parabéns aos fornecedores!

  12. Anna Carolina, disse:

    adorei o último convite

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>